DISTURBIOS HEMODINAMICOS PATOLOGIA PDF

Todavia, o bem-estar tecidual tambm requer equilbrio lquido normal; anormalidades na permeabilidade vascular ou hemostasia pode resultar em leso mesmo no cenrio de um aporte sanguneo intacto. Este captulo descrever as principais perturbaes envolvendo a hemodinmica e a manuteno do fluxo sanguneo, incluindo edema, hemorragia, trombose, embolia, infarto e choque. A homeostase normal do lquido abrange a manuteno da integridade da parede do vaso, bem como a presso intra-vascular e osmolaridade dentro de certas variaes fisiolgicas. As mudanas no volume vascular, presso ou contedo proteico, ou alteraes na funo endotelial, todas afetam o movimento final da gua atravs da parede vascular. Tal extravasamento de gua nos espaos intersticiais denominado edema e tem manifestaes diferentes dependendo de sua localizao. Nas extremidades inferiores, o edema causa, principalmente, tumefao; nos pulmes, o edema faz com que a gua preencha os alvolos, levando dificuldade na respirao.

Author:Tazahn Mazura
Country:Croatia
Language:English (Spanish)
Genre:Life
Published (Last):22 October 2018
Pages:185
PDF File Size:10.29 Mb
ePub File Size:6.4 Mb
ISBN:489-2-39841-618-4
Downloads:30376
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Fenrigar



Na alterao patognica onde ocorrer uma mutao pontual no gente que contm a molcula de fator V como visto no post anterior sobre coagulao sangunea. Esse Fator V, vai ser chamado de Fator V Leinden, sendo que Leinden o nome da cidade onde foi detectada a primeira vez. Esse Fator V Leiden vai ser resistente aos efeitos da Protena C, ento o risco de se desenvolver trombose muito grande.

Na alterao adquirida, haver um aumento da coagubilidade do sangue, sendo causado pela liberao de tromboplastina no plasma, que ativa a via extrnseca da coagulao, acontecndo frequentemente em politraumatismos, queimaduras, cirurgias extensas, neoplasias malgnas e entre outras. Oclusivos: Artrias e veias menores, de pequeno calibre, que podem obstruir a luz do vaso. No-oclusivos: Artria de grande calibre com fluxo intenso, que no obstrui a luz do vaso.

O trombo pode sofrer calcificao, formando um fleblito, podendo ser facilmente reconhecido em uma radiografia. O trombo tambm pode ser colonizado por bactrias e fungos em casos de septicemia. E, tambm pode ser transformar em um mbolo caso se fragmentar e se desprender da parede do vaso. O trombo se desprende da parede do vaso e seus fragmentos so transportados pela circulao.

Esses embolos se dirigem grande circulao e se alojam principalmente no crebro, pulmo, intestinos, rins, baos e membros inferiores. A intensidade da isquemia depende do grau da obstruo total ou parcial vascular e pode ocorrer de forma rpida ex. Causas: - Diminuio da presso de artrias e veias, acontece sempre em estado de choque. Chamados tambm de causas Angiomecnicas e Angioespastcas. Angiomecnicas: Intrnsecas: Obstruo pelo lado de dentro do vaso trombo, aterosclerose , e Extrnseca: obstruo ou compresso pelo lado de fora do vaso edema, tumores, hematomas.

Angioespsticas: Causado por espasmos do endotlio muscular liso da tnica mdia do vaso. Causando a Angina, ocasionando uma dor muito aguda no precrdio. Em casos de emergncia, usa-se um vasodilatador adrenrgico ou um anticolinrgico para promover a vasodilatao rapidamente. O infarto pode ser branco ou vermelho, conforme o aspecto do rgo. O infarto Isqumico branco : ocorre uma obstruo arterial antes de chegar no rgo.

J o infarto Hemorrgico vermelho : ocorre no rgo propriamente dito, devido a hemorragia tem a cor vermelha. CHOQUE: consiste em uma crise aguda de insuficiencia cardiovascular, onde o corao e os vasos no so capazes de irrigar todos os tecidos do corpo com o oxignio necessrio.

Podendo ser provocado por traumatismos intensos, perda de plasma ou desidratao. Referncias: - Bogliolo, Luigi, , 7. Guyton, M. Arthur C. Guyton e John E. Hall, pela W.

BEASTLY TALES BY VIKRAM SETH PDF

Disturbios Hemodinamicos - Resumo

.

ASTM D3654 PDF

III) Distúrbios hemodinâmicos

.

FSCOMMAND AS3 PDF

Resumo sobre Distúrbios hídricos e hemodinâmicos

.

Related Articles